O que significa quando a mulher termina uma relação por “falta de amor”!

 

É muito comum hoje em dia as mulheres terminarem os relacionamentos. Havia um mito de que a culpa do fim do relacionamento era sempre dos homens, mas as estatísticas hoje em dia provam o contrário! E isso está acontecendo porque as mulheres são cada vez mais exigentes e complexadas e se acham melhores e mais merecedoras da felicidade do que os homens. Para entender o que é esse complexo leia esse texto:

http://questionandofeminino.blogspot.com/2010/06/como-o-feminismo-deixou-as-mulheres.html

 

Agora, você poderá entender em parte o que significa a mulher terminar um relacionamento! Antes de dar a minha resposta, você já deve ter uma idéia razoável do porquê delas terminarem os relacionamentos cada vez mais e não os homens!

Antes de responder é fundamental que você entenda que os motivos relatados pelas mulheres para o fim dos relacionamentos nunca são os verdadeiros. As mulheres nunca falam a verdade sobre os reais motivos que as levam a deixar o parceiro. A razão disso é simples, os motivos são muito egoístas e banais.

Acredito que agora, você já tem uma resposta razoável sobre isso! As mulheres terminam os relacionamentos porque não suportam estar ao lado de um homem que elas consideram inferior! Só que elas nunca irão falar isso, porque é absurdo para a mulher confessar que é egoísta.

Existe na literatura, nos filmes, na história a imagem da mulher como ser altruísta que ama muito mais do que é amada. Até o amor paradoxal, destrutivo é descrito como a prova de superioridade do amor feminino. Enquanto isso, o homem é tratado como um animal, que vive em função do sexo e que é incapaz de amar. Isso ainda condiciona o nosso olhar e somos incapazes muitas vezes de ver maldade e egoísmo numa mulher. As mulheres hoje em dia são muito exigentes e elas se frustram com extrema facilidade. Isso pode ser entendido de duas maneiras:

1. A mulher acredita que sempre poderá ter opções melhores.

2. A mulher não suporta que uma mulher “inferior” tenha uma vida afetiva melhor do que a dela.

Na sociedade feminista a mulher mede o seu valor pelo o seu poder e poder atualmente no meio feminino significa o quanto a mulher é atraente e quantas opções sexuais ela possui. Vocês podem analisar a vida de qualquer mulher que ganha bem e tem alta escolaridade e verão que ela mede o valor dela pela qualidade do homem que está com ela e nunca pelo o que ela é em si mesma. Se a mulher ganha bem e tem alta escolaridade e não tem um namorado, ou um marido bonito ou com muito poder, ela se sente extremamente frustrada. Para muitas mulheres ter um relacionamento é muito mais importante do que a qualidade do relacionamento, desde que elas tenham a esperança de que um homem mais interessante irá aparecer na vida delas.

Assim, na juventude, o mais comum são os namoros-passatempos, ou namoros-videogames. As mulheres não se importam em trocar de namorado com facilidade! Quantas mulheres vocês conhecem que namoram um atrás do outro? O número é bastante alto, se você analisar bem, justamente porque as mulheres se sentem confortáveis nessa situação e os homens são para elas apenas sinais de poder ou mera diversão, até elas encontrarem o homem ideal, ou o homem compatível com o poder delas e o complexo de superioridade delas.

Em todos esses casos, a menina termina, porque o namoro-videogame ou o casamento de conveniência dela já deu diversão demais e ela ficou saturada disso, agora ela procura outras diversões, ou um relacionamento mais compatível com a fantasia dela de valor. Logo de cara destruímos duas das desculpas mais comuns dadas pelas mulheres para o fim do relacionamento:

1. Ela terminou porque era traída.

2. Ela terminou porque não era amada!

No primeiro caso, a traição é o álibi perfeito.

Em muitos casos, a mulher sonha em ser traída pra ter o motivo perfeito para terminar. Muitas mulheres amam homens promíscuos e sabem que eles são promíscuos desde o início, mas preferem ficar com eles e viverem um teatro ao lado deles, porque aos olhos da sociedade elas estão demonstrando valor ao estarem com um homem rico, bonito, com fama ou status social. A maioria das mulheres não terminam com o homem porque ele é promíscuo. Mulheres que foram a vida toda incoerentes, agora dão um surto de coerência e se tornam honradas? Na verdade a mulher só termina porque está insatisfeita com o relacionamento, já que não vê mais nenhum lucro nele. Em outras palavras, a mulher enjoa do namorado e se cansa da inferioridade dele. Ela agora quer um relacionamento de um nível maior, não em termos de caráter, responsabilidade, ou compromisso, mas em termos de visibilidade social. Ela quer agora um homem que dê a ela uma visibilidade social maior e mais entretenimento e diversão do que antes. As mulheres são altamente incoerentes hoje em dia pra serem tão certinhas em relação a traição e a promiscuidade masculina! Ou seja, é uma mentira grande a mulher dizer que terminou porque foi traída, porque ela conhece desde o início o homem com quem ela está se relacionando e sabe que ele tem o perfil do homem que trai!

Não adianta a mulher dizer que foi enganada, que se iludiu, que acreditou, que confiou. Todas elas sabem que um homem mulherengo, safado e promícuo não será fiel a mulher alguma e se elas casam com eles com a promessa de que não serão traídas, então elas escolheram ficar com eles nessas condições e são tão imorais quanto eles.

Contudo, os homens safados que traem, os promíscuos, geralmente homens muito bonitos e ricos, são os tipos que as mulheres menos rejeitam e separam. É mais fácil a mulher querer matar a amante, fazer trabalho de macumba pra segurar o marido ou o namorado do que perder ou largar esse homem. Mesmo que ele traia, ele é um homem que dá a uma mulher com complexo de superioridade muita exibição na sociedade e satisfaz grande parte dos complexos dela.

A intolerância da mulher em relação à traição masculina é com o homem comum, mediano, sem muitas coisas a oferecer, que a mulher namorou ou se envolveu porque não aguentou a dificuldade de arranjar o homem ideal e se contentou com esse provisoriamente. Quando a mulher namora homens comuns, medianos, com ganhos financeiros limitados e sem um corpo de modelo, ela fica extremamente irritada com a frustrante vida de estar ao lado de um homem que oferece sempre menos do que ela acha que merece. Ela nunca está satisfeita com esse homem. Ela vive estressada, se sente usada e vítima o tempo inteiro, porque ela acha absurdo ter “tanto valor”, ser “tão atraente” e estar com um homem tão limitado! Então ela sonha com a desculpa perfeita pra terminar, porque no fundo ela quer terminar todos os dias. Ela sonha com o dia em que poderá dizer que a relação acabou, porque foi traída.

Assim, a mulher é totalmente intolerante à traição do homem inferior! Não defendo a traição! Isso tem que ficar claro. Mas as mulheres não são atualmente suficientemente coerentes pra ficarem bancando as moralistas quando são traídas. Qual foi a mulher que se entregou ao marido, namorado que foi o único homem da vida dela e foi traída?

Quando a mulher é traída por um homem comum, ela termina na hora. A incoerência feminina é que elas sofrem e amam homens com muito poder e beleza que traem e são totalmente intolerantes com homens comuns e medianos que traem.

Por isso, quando uma mulher, nos dias de hoje, termina uma relação porque foi traída, isso significa que ela já queria terminar há muito tempo e precisava do motivo perfeito para terminar. Portanto, se você for mediano, comum, limitado e trair sua esposa, você será abandonado na hora, no momento em que ela descobrir, porque o homem comum, simples, limitado vive no limite o tempo inteiro, em função de que mulheres complexadas são intolerantes aos erros de homens limitados, mas elas são extremamente tolerantes com os erros de homens muito bonitos e ricos.

A segundo desculpa feminina é uma mentira clichê

Vamos analisar agora o que é “não ser amada”. “Não ser amada” é para a mulher estar com um homem que vive abaixo das exigências dela. A mulher que se acha superior ao homem é intolerante aos erros do homem mais limitado e ela pressiona o homem limitado 24 horas por dia a viver conforme as regras dela.

O homem hoje em dia trabalha duas vezes: ele trabalha pra cumprir as metas do emprego formal dele e trabalha pra cumprir as metas da esposa ou namorada.

O homem comum, mediano, sem muito dinheiro vive sob um estresse intenso hoje em dia. Ele chega em casa e é obrigado a agradar a esposa. Se ele deixa de cumprir uma exigência, somente uma, isso já é suficiente pra gerar um descontentamento, uma frustração na mulher tão grande, que ela pode terminar o relacionamento a qualquer momento.

A lógica da mulher que namora ou casa com um homem limitado é a seguinte: “Se esforce várias vezes mais pra me compensar daquilo que você não tem: beleza e dinheiro.” A pressão que vive um homem limitado é extrema, porque qualquer acomodação é interpretada pela mulher como falta de amor. Ou seja, o homem pra satisfazer o complexo de superioridade de uma mulher, precisa realizar inúmeros favores numa intensidade cada vez maior pra que ela se sinta amada. Existem os homens que chegam ao ponto da anulação total e até mesmo da traição consentida e tudo pra agradar mulheres que não os amam, mas só ficam com eles na medida em que exigem deles favores absurdos, levando-os a um desgaste emocional sem precedentes.

A mulher que não se sente amada exige muito mais do homem do que ele tem a oferecer e por mais esforçado que o homem seja, nada do que ele faça será suficiente se a mulher se convenceu de que precisa de algo melhor e que ele é um homem inferior e incompatível com o valor dela. Ou seja, o homem, pode levar a mulher ao shopping, comprar joias, levá-la para um hotel no litoral e fazer tudo pra agradar a mulher, que mesmo assim, se ele for limitado, bastará uma única frustração, pra que a mulher não se sinta suficientemente amada. Migalhas de um homem rico, famoso, extremamente bonito são suficientes para satisfazer o complexo de superioridade de uma mulher comum, mas os esforços insanos de um homem limitado são sempre insuficientes! Em outras palavras, a mulher nunca se sentirá amada por um homem limitado, comum, mediano, por mais que o homem seja esforçado, justamente porque as coisas que ela exige de um homem estão além da realidade de um homem comum e simples. Isso ajuda a explicar muita coisa. Isso ajuda a entender os crimes passionais. Os homens que matam por amor são aqueles que nunca irão satisfazer o complexo de valor e superioridade das mulheres, por mais que eles se esforcem e como eles não entendem isso, eles surtam! Os homens não conseguem lidar ou aceitar a irracionalidade e a falta de lógica do amor feminino. Alguns não aguentam e surtam e reagem da pior forma. Eles estão iludidos, totalmente iludidos, infelizmente, simplesmente porque diante de certas mulheres, nada do que o homem faça é suficiente pra agradá-las.

Se os homens entendessem isso, eles parariam de sofrer!

Outros surtam na própria relação e ficam com ciúmes 24 horas por dia. Mas eles estão certos sem saber. Mulheres exigentes dão motivos de sobra para os homens ficarem com ciúmes, simplesmente porque elas nunca se sentirão suficientemente amadas pelos homens limitados que elas estão e esses viverão sob um estresse intenso, com medo de serem abandonados, talvez porque aquela mulher é o máximo que eles poderão ter na vida.

A maioria dos homens infelizmente nunca saberão o que é amor e as mulheres que estarão com eles nunca se sentirão amadas. Os valores feministas fizeram uma lavagem cerebral tão forte nas mulheres que se criou uma sistema de frustrações tanto no homem quanto na mulher. O homem será frustrado, porque ele depende do poder e da beleza pra ser amado, já a mulher será frustrada porque é escrava de um complexo que torna todo o esforço masculino insuficiente, o que faz com que ela nunca se sinta plenamente amada.

Então, quando a mulher termina com a desculpa de que não era amada, isso significa que ela estava com um homem que considerava inferior e que ele não conseguiu se adaptar às exigências delas, ou não cumpriu as metas estabelecidas por ela pra que ela se sentisse amada. Estar com uma mulher que te faz trabalhar duas vezes significa se anular pra agradar uma mulher que nunca se sentirá satisfeita com o teu esforço e viver sem amor. O homem que aceita viver sem amor, viverá uma vida de estresse total, unilateral ao lado de uma mulher! Sinceramente, vale a pena amar e se entregar a uma pessoa que nunca se sentirá feliz ao teu lado?

O egoísmo das mulheres de hoje e o complexo delas torna a vida a dois muito difícil e o que elas dão em troca do cumprimento das metas estabelecidas por elas é muito pouco, já que o estresse é insano!

É necessário refletir se “mais” é realmente “mais”! A mulher de bom caráter, que aceita a limitação do homem e não exige mil coisas dele pra se sentir amada é certamente uma mulher que dá mais alegria e paz num relacionamento do que a ultra gostosa que banaliza todo o esforço masculino, porque tudo o que ele faz nunca é suficiente pra satisfazer as fantasias dela de valor.

Antes de sofrer demais por uma mulher, pense realmente nisso tudo, lembre-se bem de que pode ser uma ilusão se adaptar pra agradá-la e que depois dessa primeira adaptação virão outras e outras e talvez ela nunca deixe de exigir coisas. Mulheres assim, sugam o homem até o limite do estresse e tornam a vida do homem tão desgastante que dicilmente esse tipo de relação é mais saudável do que outras com mulheres mais limitadas, embora humanas. Não se esqueça, por trás da queixa de falta de amor, há uma mulher extremamente insatisfeita e extremamente complexada, que acha que é melhor do que os outros e que merece ser mais feliz por mais que o homem atual que esteja com ela se esforce ao máximo pra fazê-la feliz!

Postado por Nibiru às 06:14

Marcadores: mentiras que elas contam, natureza feminina, relacionamentos

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: